+55 11 3846-8148 mandelli@mandelli.com.br

Temos lideres mas falat a liderança! Acompanho muitos líderes que compartilham da sensação de que erraram a ¨mão¨, cuja certeza do caminho a percorrer é sempre um mergulho no escuro; e pior, alguns acreditam que estao fazendo tudo certo, são irredutíveis, mas veem seu papel como líder minando dia a dia.
Resolvi então, de modo a instigar reflexão, falar um pouco do que escreveu Robert Steven Kaplan, um grande estudioso da liderança, professor e Doutor Associado Sênior da Harvard Business Scholl, em seu livro Do que você realmente precisa para liderar.
¨A liderança não é reservada para presidentes, generais e CEOs – os “grandes HOMENS”.
Sendo assim, você não precisa de um convite por escrito para ser líder. É um MINSET e um forma de se relacionar que pode começar hoje!
Como professor e consultor, ouço muitas perguntas sobre a liderança – como liderar efetivamente, como melhorar as competências de liderança. A liderança é um assunto confuso para a maioria. Entendo que a liderança não é um título concedido ou uma qualidade especial com a qual você nasceu, mas sim está em um MINDSET e nas ações que você toma dia a dia o tempo todo. Aqui estão as minhas reflexões e percepções e acredito que, de algum modo, deixo umas ¨tachinhas¨ na cadeira de cada um de vocês:
Com a prática, você aprenderá a entender-se melhor e a saber cada vez mais como trabalhar suas convicções e aprendizados.
Acredito que convicção implica certeza, então eu aprecio como Kaplan nos lembra que a convicção pode não ser prontamente aparente. É preciso prática. Quanto você sabe sobre você? Quanto você conhece sobre o assunto no qual você precisa tomar uma decisão? Não suponha que, se você precisa fazer mais reflexão ou mais pesquisas, isso significa que você não tem convicção. No entanto, você está dispendendo tempo para pensar, pesquisar e praticar esse contato com as suas convicções?
Venho observando que, líderes aspirantes sucumbem à tentação de dar desculpas, tenho certeza que em algum momento essas afirmações já rondaram seus pensamentos: eu não tenho poder suficiente, ou não é meu trabalho, ou ninguém na empresa se importa com o que eu penso, ou não tenho tempo.
Agora, será que se todos adotassem o ” não faço por dinheiro” mas muito mais não poderia ser feito? Reflita! Quais desculpas você dá a si mesmo para evitar um problema deixando de exercer/ encarar o papel de liderar? Há algo que você tem evitado e precise fazer? Você vai fazer isso?
O pressuposto de que todos os líderes devem ser magneticamente carismáticos bloqueia muitas pessoas que podem estar interessadas em liderar, mas pensam que não têm essa habilidade. Paixão pode gera mobilização. As pessoas são atraídas por outras que tenham forte desejo e paixão. Como você pode aproveitar melhor suas paixões?
Você pede retornos sobre suas atitudes? Você conhece profundamente seu pessoal? Você escuta sem interromper?
Tenho convicção da importância de receber retornos, pedir ajuda e ouvir. Eu acompanho frequentemente como os líderes bem-sucedidos se aproximam de suas equipes quando se abrem para buscar retornos, ponderar novas ideias e percepções. Você está ajudando sua equipe a ajudá-lo?
Líder, perceba! Liderança deve envolver o trabalho com os OUTROS e aceitar algum grau de dependência dos OUTROS.
Semelhante a pedir retorno, os líderes podem hesitar em pedir ajuda com medo de parecerem dependentes. Mas quanto maior o papel de liderança, maior o projeto, então você precisará de ajuda e tornar-se-á dependente dos outros, às vezes de muitos OUTROS. Você está ajudando seus superiores e equipe a ajudá-lo?
Um outro ponto é que uma visão clara não é suficiente. Um líder deve ter essa visão e dividi-la em um número gerenciável de prioridades-chave, idealmente não mais de três a cinco mais do que isso parece que a mágica nao funciona!
Este é um excelente lembrete de que não se trata apenas de uma estratégia ampla, mas também de pequenos passos acionáveis. Você está liderando de uma maneira que permita que sua equipe trabalhe, cresça e se desenvolva?
Em cada ação tomada, você deve considerar explicitamente se isso te ajuda a se alinhar ou te coloca em risco de sair do alinhamento
Assim como uma grande visão precisa ser dividida, as ações individuais precisam ser examinadas dentro de uma visão mais ampla. De acordo com Kaplan, um líder está decidindo constantemente, priorizando e fazendo escolhas. Quanto da sua atividade é rotina versus decisões/riscos?
O primeiro passo é se tornar mais consciente. A análise vem em primeiro lugar; desenvolver uma estratégia para abordar suas habilidades vem em segundo lugar.
Não se trata apenas de desenvolvimento global de liderança. É importante ter consciência antes de resolver o que fazer. Você está trabalhando para desenvolver as habilidades, qualidades ou conhecimentos que você precisa especificamente? Quão bem você sabe o que você precisa?
O mundo mudou. Cada um de nós mudou. Suas paixões vão continuar a mudar. Preste atenção! A verdade é que você pode agregar valor aos outros ao longo de seu trabalho.
Os papéis de liderança que o interessaram anteriormente podem não ser de interesse agora. As necessidades de sua organização ou sua comunidade também podem ser diferentes. A liderança é um processo contínuo que requer introspecção contínua e tomada de decisão. Você ainda está animado para liderar? Você precisa escolher uma nova área para trabalhar?
A liderança é sobre o que você faz, e não sobre quem você é. Deve ser aprendida e devolvida … É análogo a perder peso ou a ficar em forma; é um regime de trabalho que você nunca termina.
Você está aprimorando sua capacidade de liderar de forma planejada? voce está condenado a liderar!!

Pedro Mandelli

Pedro Mandelli

Consultor

Doação de sabedoria e extraordinária disponibilidade para guiar pessoas e organizações na execução de seus desafios.

Conheça Pedro Mandelli ->

Enviar um e-mail ->